Deficiente visual, aposentado mata a facadas homem que agredia ex-companheira em MS

Autor do crime foi preso em flagrante e confessou o assassinato. Ele disse que agiu após ver a mulher sendo xingada e agredida e, quando foi tirar satisfação com o agressor, entrou em uma briga e se defendeu dando facadas.

Por G1 MS 15/01/2021 - 07:18 hs

Deficiente visual, aposentado mata a facadas homem que agredia ex-companheira em MS
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Um aposentado matou um homem de 40 anos a facadas, na tarde desta quinta-feira (14), no Jardim Paulo Coelho Machado, em Campo Grande. De acordo com testemunhas e com o próprio autor do crime, a vítima estava agredindo a ex-companheira quando o aposentado interveio, foi agredido e reagiu dando facadas.

Segundo o boletim de ocorrência, o homem tem histórico de violência doméstica e estaria xingando e agredindo a ex-companheira antes do crime ocorrer. A polícia foi informada por testemunhas de que o autor do crime estava próximo do local e encontrou o homem pouco depois, assim como a faca utilizada no assassinato.

O suspeito, que é aposentado, disse que discutiu com a vítima após a mulher sair do local, dizendo que ele "não deveria mais encostar nela". O homem ainda disse que passou a discutir com o agressor, até que ele teria levado um tapa. Neste momento, o aposentado, que estava com uma faca na cintura, desferiu duas facadas no homem. O autor ainda disse que é deficiente visual e cometeu o assassinato para se defender do vulto que estava a sua frente.

Polícia Civil e SAMU foram chamados até o local, mas quando chegaram, já encontraram o homem de 40 anos morto. O suspeito e a mulher que era ex-companheira da vítima foram encaminhados até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro, onde o homem foi autuado em flagrante por homicídio simples.

Deficiente visual, aposentado mata a facadas homem que agredia ex-companheira em MS | Mato Grosso do Sul | G1 (globo.com)