Homem é preso pela Polícia Civil em Anaurilândia por tentativa de estupro e outros 5 crimes contra adolescentes

Por Redação Portal 98 FM 08/06/2021 - 10:25 hs

Homem é preso pela Polícia Civil em Anaurilândia por tentativa de estupro e outros 5 crimes contra adolescentes
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Na tarde desta segunda-feira (7) a Delegacia Regional de Polícia de Bataguassu, através da Delegacia de Polícia de Anaurilândia, deflagrou operação “Stalking” que culminou na prisão de um homem de 26 anos acusado de aliciar, perseguir, ameaçar adolescentes e de possuir ou armazenar cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Segundo as informações da Polícia Civil, o acusado tentou estuprar uma adolescente de 15 anos após obter fotos intimas dela por meio de um perfil falso nas redes sociais. Ameaçando divulgar as imagens, o acusado conseguiu marcar um encontro com a vítima, ocasião em que tentou estupra-la, porém a adolescente conseguiu fugir.

Após a tentativa de estupro, o homem continuou ameaçando divulgar as fotos intimas da adolescente. Diante das ameaças constantes a vítima procurou a delegacia de Polícia Civil para comunicar os fatos.

Após tomarem conhecimento dos crimes, os investigadores da Polícia Civil obtiveram êxito em identificar o acusado que, em 2018, já havia sido indiciado por criar um perfil falso, onde se passava por um médico da cidade e solicitava fotos intimas de mulheres do município.

Ainda durante as investigações, os policiais constataram que o investigado se utilizava deste mesmo modus operandi para aliciar outras adolescentes. Segundo as informações, as outras vítimas não procuraram a delegacia para comunicar os crimes por medo de represálias do autor.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva, foi apreendido o aparelho celular do suspeito, o qual foi acessado conforme autorização judicial, ocasião em que foi constatado vasto material de pornografia infantil armazenado no referido aparelho, com fotos de adolescentes com idades aparentes entre 12 e 15 anos de idade. Segundo a polícia, aproximadamente 2.500 fotos com conteúdo pornográfico, sendo a grande maioria relacionada a adolescentes foram encontradas no celular do acusado.

O investigado foi indiciado pelos crimes de ameaça, estupro qualificado na forma tentada, falsa identidade, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia ou vídeo que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, aliciar criança para a prática de ato libidinoso e perseguição contra adolescente.

Após a conclusão dos procedimentos, o investigado foi transferido para o presidio onde permanecerá à disposição da justiça.

A operação foi coordenada pelo Delegado de Polícia Robson Ferraz Gonçalves e realizada por policiais civis lotados na cidade de Anaurilândia.