Força-tarefa resgata 30 pessoas que estavam em barcos encalhados no Pantanal de MS

De acordo com os bombeiros, as embarcações estavam no local desde o último sábado (9). Além de retirar a vegetação, as equipes fizeram a entrega de alimentos e água potável aos tripulantes.

Por G1 MS 12/02/2019 - 07:56 hs
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Corpo de Bombeiros Militar, Exército e Capitania do Portos iniciaram na tarde desta segunda-feira (11) uma força-tarefa para o resgate de tripulantes de 3 embarcações. Além da assistência às pessoas que estavam ilhadas há dias, foi feito um trabalho de desobstrução do rio Taquari, em Corumbá (MS), que estava com excesso de vegetação, impedindo a navegação.

De acordo com os bombeiros, no local estavam 3 embarcações com 30 pessoas desde o último sábado (9). Além de retirar a vegetação, as equipes fizeram a entrega de alimentos e água potável aos tripulantes. As embarcações chegaram no final da tarde desta segunda (11) ao porto da cidade.

Barcos chegaram no final da tarde ao porto de Corumbá. — Foto: Gabriela Prado/TV Morena

Desde o último dia 7, outras embarcações também ficaram encalhadas na região. Moradores afirmam que o excesso de camalotes e baceiros, vegetação típica da região, é o que impede a navegação. Além disso, o baixo nível do rio Negrinho também seria um problema para quem costuma navegar no trecho.

A entidade responsável pela limpeza do rio é a Administração Hidroviária do Paraguai (Ahipar), cuja sede fica em Corumbá (MS). O G1 entrou em contato com a Ahipar para saber sobre a manutenção do rio, e o coordenador-geral, Paulo Keniti, informou que está retornando de férias e pretende inteirar-se do caso.

De acordo com os bombeiros 30 pessoas estavam nas 3 embarcações que seguem para Corumbá. — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação