Creas realiza caminhada em combate ao abuso e exploração de crianças e adolescente

Campanha Faça Bonito faz alusão ao dia 18 de maio

Por Assecom Prefeitura de Bataguassu 09/05/2019 - 14:19 hs
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Bataguassu, por meio Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), órgão vinculado a Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Política para Mulheres promove no dia 16 de maio, quinta-feira, uma caminhada alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data celebrada no dia 18 de maio.

Segundo a coordenadora municipal do Creas, Elaine Kotay Lira, o intuito é mobilizar e conscientizar a sociedade de uma forma geral sobre a gravidade da violência sexual e convocá-los para o enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes.

Elaine explica que a caminhada terá concentração prevista para às 8 horas (horário de Brasília), em frente à Prefeitura (rua Dourados, 163) e seguirá pelas principais ruas da cidade com dispersão na praça Manoel Cecílio de Lima (praça da Roda). “No local, faremos a entrega de materiais informativos a respeito da campanha para todos os participantes”, comenta.

Participarão da atividade, alunos de escolas locais, atendidos de projetos sociais além de toda comunidade também estar convidada a participar.

A coordenadora frisa ainda que no dia 17 de maio, sexta-feira, a equipe do Creas e demais membros da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Política para Mulheres estarão realizando uma panfletagem na base da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para sensibilizar motoristas e ciclistas sobre o tema. “Será mais um trabalho de sensibilização e prevenção com objetivo de combatermos juntos o abuso e a exploração de crianças e adolescentes”.

MOBILIZAÇÃO

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

Todos podem contribuir para o combate ao abuso e exploração sexual denunciando casos por meio do disque 100, Conselho Tutelar e demais órgãos que fazem parte da rede de proteção infantojuvenil (Creas, PM, Polícia Civil e Assistência Social).

Por Assecom Prefeitura de Bataguassu