Assistência Social busca interessados em aderir ao Serviço Família Acolhedora

Em Bataguassu, a Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Política para Mulheres, por meio da equipe multiprofissional da Proteção Social Especial de Alta Complexidade (Serviço de Acolhimento) estão em busca de famílias interessadas, que tenham disponibilidade e que se enquadrem no perfil solicitado para acolher esse público.

Por Assecom Prefeitura de Bataguassu 18/06/2019 - 07:03 hs
Foto: Divulgação

O Serviço Família Acolhedora tem sido uma iniciativa de sucesso em defesa do acolhimento temporário de crianças e adolescentes afastadas pela justiça de sua família de origem.

Em Bataguassu, a Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Política para Mulheres, por meio da equipe multiprofissional da Proteção Social Especial de Alta Complexidade (Serviço de Acolhimento) estão em busca de famílias interessadas, que tenham disponibilidade e que se enquadrem no perfil solicitado para acolher esse público.

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Trabalho e Política para Mulheres, Ana Nely Castello Branco Sanches, atualmente três famílias estão inseridas, aptas e já acolheram tanto crianças quanto adolescentes através do serviço. “Precisamos de mais famílias para atender essas crianças e adolescentes. Contamos com a colaboração de todos para que repassem a informação sobre o serviço que temos disponibilizado em nosso município”, comenta.

Ana lembra que mesmo com o Serviço Família Acolhedora em funcionamento, o abrigo institucional permanece aberto. 

Foto: Assecom Prefeitura de BataguassuO QUE É?

Instituído através das Leis Municipais 2102/2013 e 2.449/2017, o Serviço Família Acolhedora tem como objetivo oferecer atendimento imediato e integral às crianças e adolescentes na faixa etária de 0 a 18 anos incompletos em situação de risco e vulnerabilidade, que justifique o acolhimento em caráter provisório e excepcional como medida de proteção prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O acolhimento é realizado em residências de famílias cadastradas, selecionadas e capacitadas pelas profissionais do Serviço de Acolhimento e supervisionadas pelo juiz responsável pela Vara da Infância e Juventude; e Ministério Público. 

Para essa atuação, as famílias acolhedoras cadastradas receberão bolsa auxílio mensal por parte do município no valor de um salário mínimo pela prestação do serviço e serão acompanhadas através de visitas e reuniões mensais com a equipe técnica.

Mais informações sobre o Serviço Família Acolhedora podem ser obtidas na sede do Serviço de Acolhimento Municipal, localizado na rua Odorilho Ferreira, 488, (fundos), centro, em frente à Escola Municipal “Marechal Rondon”.

Por Assecom Prefeitura de Bataguassu