Prefeitura de Bataguassu realiza compostagem de galhadas recolhidas no município

Material é transformado em adubo orgânico e está sendo distribuído em fomento à agricultura familiar

Por Assecom Prefeitura de Bataguassu 09/09/2019 - 09:09 hs
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Meio Ambiente (Sedema) tem beneficiado produtores horticultores com a destinação de adubo orgânico produzido através do processo de compostagem de galhadas recolhidas no município.

De acordo com o titular da pasta, Nilo José Perlin, a prática, que permite a transformação de restos orgânicos em adubo, por meio de um processo biológico que acelera a decomposição do material orgânico, tendo como produto final o composto orgânico, tem sido desenvolvida há pouco mais de três meses pelo município com apoio técnico e acompanhamento de profissionais do Núcleo Municipal de Meio Ambiente. 

Divulgação“No ano passado, a administração municipal adquiriu a máquina trituradora de galhos, que auxilia desde então os serviços de limpeza urbana. Os resíduos recolhidos estão se transformando em adubo orgânico. Essas galhadas que antes eram depositadas na área do transbordo estão sendo reaproveitadas”, comenta.

Perlin informa que após a coleta, os materiais estão sendo armazenados na Sedema e permanecem em processo de compostagem com a adição de outros materiais (terra por exemplo), dando origem ao composto.

Um total de 40 toneladas de materiais transformados em adubos já foram distribuídas nas últimas semanas em atendimento a produtores rurais residentes no Distrito de Nova Porto XV, assentamentos, Reta V além de empresas como para o entreposto de pescado Best Fish. 

Foto: Divulgação"Estamos trabalhando com o Programa Cidade Empreendedora, desenvolvido através da parceria entre Prefeitura e Sebrae-MS. Nosso objetivo e apoiar e fortalecer a agricultura familiar, em especial, os que atuam com hortifruti em nosso município, aprimorando as técnicas de adubação e destinando de forma correta esses materiais que anteriormente eram descartados”.

Perlin lembra que o processo de compostagem do material coletado é também uma maneira de reduzir o volume de lixo que se acumularia no aterro sanitário. “São boas práticas de gestão ambiental que passam a ser incorporadas pelo poder público, visando proporcionar melhorias à nossa comunidade”. 

Por Assecom Prefeitura de Bataguassu