Audiência pública discute horário de funcionamento de farmácias em Bataguassu

A ideia é alterar o Código de Posturas

Por Assecom Prefeitura de Bataguassu 09/10/2019 - 06:12 hs
Foto: Divulgação

A Câmara de Vereadores de Bataguassu, por meio de propositura do vereador Cleyton Rodrigo da Silva (PTB) realiza hoje, dia 9 de outubro, à partir das 18h30 (horário de Brasília), na sede da Câmara (rua Recanto, 82, Jardim Santa Luzia), uma audiência pública para tratar sobre o horário de funcionamento das farmácias em Bataguassu.

De acordo com Silva, após questionamentos sobre o horário de funcionamento das farmácias no município, a discussão foi proposta pelo legislador.

O vereador explica que o Código de Posturas trata as farmácias como um comércio comum, e por isso, os estabelecimentos prestam atendimento à população das 8 às 18 horas, com exceção das empresas que estão em plantão - sistema esse revezado semanalmente entre os estabelecimentos. 

A ideia, segundo ele, é alterar o Código de Posturas e permitir a ampliação do atual horário de funcionamento das farmácias, autorizando que aquele empresário que queira permanecer aberto, possa ficar. "Não queremos obrigar ninguém a ficar aberto até mais tarde até porque os empresários tem os seus posicionamentos e sim dar a liberdade para que os empresários que queiram ficar até mais tarde, que permaneçam abertos", comenta.

O legislador salienta que em conversa com os empresários, apenas um é favorável a alteração de horário. Para a população, segundo ele, a sinalização é de que a mudança seria positiva. "O objetivo é que a população tenha mais opção para a compra do seu medicamento", esclarece.

Silva frisa a importância da participação popular nas audiências públicas. "Essa é a terceira audiência pública proposta por mim e o principal objetivo é democratizar o debate e dar a oportunidade dos munícipes se manifestarem e apontarem suas opiniões. A participação é fundamental para a qualidade dos debates", salienta ele, convidando todos os moradores para que participem da atividade. 

Por Assecom Prefeitura de Bataguassu