PF faz operação em MS contra golpes no programa Fome Zero

Ações são feitas em cinco municípios. Funcionários afastados eram lotados em Corumbá.

Por G1 MS 09/10/2019 - 14:30 hs
Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal (PF) faz nesta quarta-feira (09), em sete municípios de Mato Grosso do Sul, operação contra golpes no programa Fome Zero. O objetivo é cumprir 5 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Corumbá, Terenos, Bodoquena e Caracol, e ouvir seis testemunhas simultaneamente. A Justiça determinou ainda afastamento de 9 servidores.

Segundo a PF, a investigação que resultou na operação Pesticida, verificou que entre 2011 e 2016, os suspeitos cadastraram para recebimento de valores produtores rurais que não tinham vendido para a Conab e também propriedades que não tinham capacidade produtiva.

A polícia constatou ainda que o grupo também simulava entrega de produtos e assim conseguia a liberação de pagamentos por serviços que não eram feitos.

Entre os locais onde foram feitas buscas e apreensões estão a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em Campo Grande, e a Secretaria Especial de Agricultura Familiar, em Corumbá. A Prefeitura informou que está em investigação atos que teriam ocorridos em outra administração e que está à disposição das autoridades.

PF faz buscas em secretaria municipal, em Corumbá — Foto: Lucas Lélis/TV Morena

O Programa busca ser um instrumento de políticas públicas de garantia de renda e de apoio à comercialização de alimentos produzidos pelos agricultores familiares, assentados e povos e comunidades tradicionais. Oportuniza ainda a aquisição dos produtos agrícolas por eles produzidos e a destinação a entidades de assistência a pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar (creches, escolas, igrejas, dentre outras).

Nota da Prefeitura de Corumbá

Com relação à ação realizada na manhã desta quarta-feira, 09 de outubro, pela Polícia Federal na sede da Secretaria Especial de Agricultura Familiar, a Prefeitura de Corumbá esclarece que o mandado de busca e apreensão é referente ao processo 0000308-17.2018.403.6004, que corre em segredo de justiça na 1ª Vara Federal de Corumbá, e investiga possíveis desvios de recursos públicos federais relacionados ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), mais conhecido como “Fome Zero”, ocorridos no ano de 2014.

A Prefeitura de Corumbá reforça que está à disposição das autoridades competentes para auxiliar nas investigações. O Executivo municipal reitera seu compromisso com a Lei, com a ética, com a transparência dos atos públicos e repudia veementemente o mau uso dos recursos públicos.

PF faz buscas na Conab, em Campo Grande — Foto: PF/Divulgação

Por G1 MS