Rio Brilhante usa drone para vistoriar imóveis fechados em busca de criadouros do mosquito da dengue

Segundo o secretário municipal de Saúde, Márcio Grei Alves, essa tecnologia é de baixo custo e está sendo eficiente no controle do inseto.

Por G1 MS 28/01/2020 - 07:21 hs
Foto: Reprodução/TV Morena

A prefeitura de Rio Brilhante, a 160 quilômetros de Campo Grande, está utilizando um drone para vistoriar imóveis fechados e locais de difícil acesso em busca de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, zika e chikungunya.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Márcio Grei Alves, essa tecnologia é de baixo custo e está sendo eficiente no controle do inseto.

De acordo com o Código Sanitário Estadual, os proprietários dos locais onde forem encontrados entulhos que podem servir de criadouro do mosquito poderão ser multados, o valor pode chegar a R$ 15 mil.

O mais recente boletim epidemiológico da dengue da secretaria estadual de Saúde apontou que até o dia 22 de janeiro haviam sido registradas duas notificações de dengue no município.

Por G1 MS